Mostrar registro simples

dc.contributor.authorFernandes, Bruno Borges
dc.contributor.authorMachado, Áureo Octávio
dc.contributor.authorLeite, José Yvan Pereira
dc.date.accessioned2015-11-23T11:12:25Z
dc.date.available2015-11-23T11:12:25Z
dc.date.issued2009-12
dc.identifier.citationFernandes, B. B., Machado, A. O., Leite, J. Y. P. (2009). Lixiviação de scheelita - Uma revisão do estado da arte. IV Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação / CONNEPI. Belém: IFPA.pt_BR
dc.identifier.urihttp://memoria.ifrn.edu.br/handle/1044/374
dc.description.abstractA scheelita (CaWO4) é uma das principais fontes de tungstênio. A obtenção do metal tungstênio envolve desde etapas de extração, beneficiamento e metalurgia extrativa. O grau de purificação exigido pelas indústrias para os concentrados depende diretamente do processo metalúrgico a que serão submetidos. Através da lixiviação obtêm-se os produtos (ácido túngstico e APT) que são necessários para se alcançar o produto metalúrgico final. A lixiviação é utilizada para processar concentrados e rejeitos de scheelita. A lixiviação é uma técnica que se caracteriza por tratar minérios complexos e de mais baixos teores. O trabalho em questão tem como objetivo revisar o estado da arte sobre lixiviação de scheelita, abordando as técnicas empregadas.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.publisherIV Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação / CONNEPIpt_BR
dc.subjectScheelita. Hidrometalurgia. Tungstêniopt_BR
dc.titleLixiviação de scheelita : Uma revisão do estado da artept_BR
dc.typeconferenceObjectpt_BR


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples